Share:
San Nicolas
Aruba
12° 26' 0.6612" N, 69° 54' 24.8652" W
AW

Bem-vindo ao lado da ilha onde o sol nasce.

Apesar de San Nicolas, a cidade do nascer do sol, ser uma pacata cidade costeira de 32,84 quilômetros quadrados, localizada a apenas 19 quilômetros ao sudeste de Oranjestad, parece um mundo de distância. No coração da segunda maior cidade de Aruba, está um passeio memorável em Zeppenfeldstraat, uma galeria de arte, lojas, lanchonetes, restaurantes e bares, bem como edifícios históricos de interesse arquitetônico. Para turistas à procura de um autêntico sabor e toque caribenho, San Nicolas não decepciona. Ela oferece belas praias e muito charme, distante do brilho e glamour dos resorts e dos novos shoppings de Palm Beach.

A cidade fica no lado calmo, mas é cheia de charme, com coisas divertidas para fazer e ver. San Nicolas possui uma longa história de bandas de sopro, de calipso e de Carnaval cativantes, introduzida por trabalhadores de uma refinaria de Trinidad e de algumas ilhas inglesas. Embora a ilha seja holandesa, muitos moradores de San Nicolas tem uma herança do Caribe anglófono, isto é, ilhas que possuem a língua inglesa como língua oficial, e este idioma ainda é a primeira língua em suas casas.

Talvez nada capture melhor o humor ilha do que a música das panelas de aço, instrumento acústico mais jovem do mundo. San Nicolas tem uma festa de rua toda quinta-feira chamada Carubbian Festival, e você está na nossa lista de convidados!

Aqui se encontra umas das principais razões pelas quais os visitantes têm chegado ao outro extremo da ilha: o Charlie's Bar. O bar se tornou famoso desde os anos 40 , quando os mergulhadores começaram a pendurar nas paredes do bar algumas das descobertas submarinas que realizavam. Ao longo das décadas, o bar tornou-se como um museu!

O município reconheceu o Charlie’s Bar como ícone visitado por celebridades de todo o mundo, que buscam esta pequena cidade, que agora está começando a se tornar um destino turístico. Atualmente há a construção de novos hotéis nesta área para relembrar a história da cidade, de quando marinheiros de todo o mundo chegavam às suas costas para desfrutar da hospitalidade local.